Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

.glam

.travel, leisure & lifestyle | blog de viagens e lifestyle

.glam

.travel, leisure & lifestyle | blog de viagens e lifestyle

.comer melhor para viver melhor

IMG_1856.JPG

Nos dias de hoje é comum as pessoas preocuparem-se mais com a sua saúde e bem estar duma forma preventiva.

Vamos lendo aqui e ali como ter uma alimentação mais saudável, quais as proporiedades e benefícios deste ou aquele alimento, etc.

Quando falamos em ir a um Nutricionista é comum pensar que essa pessoa está a necessitar de ajuda de um profissional de saúde para estabelecer um plano alimentar que ajude na redução de peso.

Felizmente cada vez mais, as pessoas procuram a ajuda de um Nutricionista para estabelecer um plano alimentar que se adeque ao seu organismo, no sentido de ter uma alimentação mais saudável e isso não siginifica necessariamente que queria perder peso.

De uma forma geral, todos procuramos formas de vida mais saudavel e a alimentação é essencial.

Já há algum tempo que pensava em ir a uma consulta de Nutrição para perceber como poderia melhorar a minha alimentação.

Geneticamente sempre fui relativamente magra, sempre tive cuidado com a alimentação (q.b),, mas tinha noção que necessitava melhorar alguns dos meus hábitos alimentares.

Enquanto aguardava pela minha vez antes da consulta ainda pensei " vou ficar três meses a comer alface";)

A consulta começou logo com a surpresa que tinha três quilos a mais que o habitual!

Bom afinal, a consulta já tinha agora duas finalidades: "aprender" a comer melhor e perder aqueles quilinhos a mais, que não dão jeito nenhum logo agora no verão ;)

Foi de facto muito importante tudo o que aprendi naquela consulta, não só para estabelecer o plano alimentar mais adequado para o meu organismo; corrigir hábitos alimentares errados que tinha e que nem dava conta, aprender a alimentar-me melhor e procurar tirar os melhores benefícios dos alimentos.

Tenho seguido o plano alimentar sem fazer "batota";) !

Apenas decorreu um mês após a consulta, mas verifico já algumas melhorias... sinto-me melhor, mais "leve" a minha qualidade de sono melhorou, etc.

E aquela ideia de ter passar três meses a comer alface e pouco mais.." é completamente errada;)

Estabelecer um plano alimentar, não siginifica privarmos de comer, sentir que não ficamos saciados, etc.

Claro que existem regras para que o plano funcione, mas acima de tudo e o mais importante é estabelecermos boas práticas alimentares, aprender a combinar os alimentos que devemos ingerir e quais os alimentos que não devemos combinar entre eles, estabelecer horários para as refeições (o que é fundamental), etc.

As consultas de Nutrição são cada vez mais acessíveis:encontra facilmente consultórios da especialidade, é comum encontrar consultas de Nutrição em farmácias e para farmácias, centros diateticos, etc.

O valor destas consultas já é bastante mais acessível do que há uns anos atras, o que acaba também por ser um incentivo.  

Os benefícios de estabelecer um plano nutricional adequado a cada caso são imensos: aprender a comer sem culpa, sentirmo-nos com mais energia, melhorias do trânsito intestinal, melhoria da qualidade de sono, melhorias significativas na pele, cabelo e unhas.

E claro se juntar a tudo isto, o exercício físico, os resultados serão ainda  mais visíveis!